• AUTO ATENDIMENTO

    AUTO
    ATENDIMENTO

  • TARIFAS E TAXAS

    TARIFAS E
    TAXAS

  • QUALIDADE DA ÁGUA

    QUALIDADE
    DA ÁGUA

  • DICAS

    DICAS

Qualidade da Água

Imprimir
Logomarca

Sistemas de Abastecimento de Água SAAE Oliveira

1.  Oliveira - ETA “Dr. Carlos Chagas”

Captação da água:

Principal manancial:

Córrego dos Bois (Bom Retiro)- por gravidade

Mananciais complementares:

Pontilhão de Areia - bombeamento

Rio Jacaré - bombeamento

Poço Artesiano do Capão

Poço Artesiano Villa Bella

Tratamento da água:

O tratamento realizado na ETA Dr. Carlos Chagas é o convencional constituído das seguintes etapas:

Coagulação: A água captada chega na ETA na calha Parshall, onde tem sua vazão (em litros por segundo) medida. Em seguida é aplicado o coagulante sulfato de alumínio, dosado de acordo com a vazão e turbidez da água. Após uma mistura rápida, inicia-se o processo de coagulação, no qual o sulfato de alumínio promove a agregação da matéria orgânica suspensa na água.

Floculação: Ao entrar no floculador, a água passa a mover-se mais lentamente, em movimentos ascendentes e descendentes, propiciando a completa agregação das impurezas presente na água na forma de flocos.

Decantação: A água floculada entra nos decantadores onde fica em retida tempo suficiente para que ocorra o processo de decantação ou sedimentação  dos flocos, os quais ficam retidos  no fundo do tanque.

Filtração: A água já decantada é então direcionada para os filtros (areia, cascalho e seixos), que retêm o restante das impurezas que não tenham sido removidas na decantação e grande parte dos micro-organismos.

Desinfecção: A água agora clarificada passa pelo processo de desinfecção na caixa de contato, onde o cloro age eliminando as bactérias e outros micro-organismos patogênicos. O produto químico utilizado como fonte de cloro é o hipoclorito de cálcio.

Fluoretação: Ainda na caixa de contato é adicionado ácido fluossilícico como fonte de flúor. A fluoretação das águas de abastecimento público é exigida por lei para auxiliar no combate da cárie dentária.

Correção do pH: Finalmente é adicionado hidróxido de cálcio para elevar o pH da água, diminuindo sua acidez.

Reservação e distribuição:

A água tratada e potável é armazenada no reservatório geral de distribuição da ETA que tem capacidade de 1.100 m³. É então distribuída pelas redes por gravidade e/ou por bombeamento para toda a população de Oliveira.

2.  Morro do Ferro

Captação da água:

Poço Artesiano do Calafate

Poço Artesiano do Parque de Exposições

Tratamento da água:

O tratamento realizado na ETA Morro do Ferro é simplificado, pois a água é de origem subterrânea e, portanto, naturalmente clarificada.

Desinfecção: A água agora clarificada passa pelo processo de desinfecção na caixa de contato, onde o cloro age eliminando as bactérias e outros micro-organismos patogênicos. O produto químico utilizado como fonte de cloro é o hipoclorito de cálcio.

Fluoretação: Ainda na caixa de contato é adicionado ácido fluossilícico como fonte de flúor. A fluoretação das águas de abastecimento público é exigida por lei para auxiliar no combate da cárie dentária.

Reservação e distribuição:

A água tratada e potável é armazenada no reservatório geral de distribuição da ETA que tem capacidade de 30 m³. É então distribuída pelas redes por gravidade para toda a população de Morro do Ferro.

3.  Félix dos Santos

4.  Fradiques

5.  Distrito Industrial I

6.  Distrito Industrial III

7.  Recanto da Serra

Os demais sistemas de abastecimentos do SAAE localizados nos distritos rurais, industriais e no bairro Recanto da Serra possuem tratamento simplificado, pois a água é de origem subterrânea e, portanto, naturalmente clarificada. No entanto, a desinfecção da água é realizada em todos eles.

Controle de qualidade da água

O controle de qualidade da água é constante e realizado na ETA antes, durante e depois do tratamento. Garantimos a qualidade da água que sai da ETA, bem como da água que chega à casa dos usuários, através de análises físico-químicas e microbiológicas realizadas nas quantidades e frequência exigidas pela Portaria nº 2.914/2011 do Ministério da Saúde.

A ETA “Dr Carlos Chagas” é aberta á visitação, bastando apenas agendamento prévio.


Análises Realizadas - Oliveira/MG

MÊS: SETEMBRO / 2015

 Parâmetro  Freqüência  Resultado Médio Mensal  Limites estabelecidos pela Port. 518 do Ministério da Saúde
Turbidez água bruta 2 em 2 horas 11,07 NTU -
Turbidez água tratada 2 em 2 horas 0,42 NTU 1,0 NTU (máx)
Cor aparente água bruta 2 em 2 horas 70,26 HAZEN -
Cor aparente água tratada 2 em 2 horas 2,72 HAZEN 15,0HAZEN (máx)
pH água bruta 2 em 2 horas 6,87 -
pH água tratada 2 em 2 horas 7,61 6,0 A 9,5
Cloro residual livre 2 em 2 horas 1,11 mg/l 0,5 A 2,0 mg/l
Fluoretos 2 em 2 horas 0,87 mg/l 1,5 mg/l (máx)
Ferro total água tratada 1 / dia 0,04 mg/l 0,3mg/l (máx)
Manganês água tratada 1 / dia 0,05 mg/l 0,1 mg/l (máx)
Alumínio água tratada 1 / dia 0,05 mg/l 0,2 mg/l (máx)

O SAAE realiza outras análises trimestais e semestrais, cujos parâmetros são exigidos pela Portaria nº 2.914 de 12/12/2011 do Ministério da Saúde.

Análises Realizadas - Morro do Ferro/MG

MÊS: SETEMBRO / 2015

 Parâmetro  Freqüência  Resultado Médio Mensal Limites estabelecidos pela Port. 518 do Ministério da Saúde 
Turbidez água bruta 2 em 2 horas 2,12 NTU -
Turbidez água tratada 2 em 2 horas 0.81 NTU 1,0 NTU (máx)
Cor aparente água bruta 2 em 2 horas 23,09 HAZEN -
Cor aparente água tratada 2 em 2 horas 6,86 HAZEN 15,0 HAZEN (máx)
pH água bruta 2 em 2 horas 6,87 -
pH água tratada 2 em 2 horas 7,54 6,0 A 9,5
Cloro residual livre 2 em 2 horas 0,93 mg/l 0,5 A 2,0mg/l
Fluoretos 2 em 2 horas 0,55 mg/l 1,5 mg/l (máx)

O  SAAE realiza outras análises trimestais e simestrais, cujos parâmetros  são exigidos pela Portaria nº 2.914 de 12/12/2011 do Ministério da Saúde.